23 Ago

Rosa Jorge participa da solenidade de premiação dos 27 projetos finalistas do Prêmio CNMP 2019

Publicada em: 23/08/2019

Por Solange Nunes

Edição: Nilza Murari

A vice-presidente do SINAIT, Rosa Maria Campos Jorge, participou nesta quinta-feira, 22 de agosto, da solenidade de premiação dos 27 projetos finalistas do Prêmio CNMP 2019. O evento ocorreu durante a abertura do 10º Congresso Brasileiro de Gestão do Ministério Público, que tem como tema “Ministério Público e Agenda 2030: resolutividade e os objetivos de desenvolvimento sustentável”. O evento foi realizado no auditório do Instituto Serzedello Corrêa (ISC), Lago Sul, em Brasília (DF).

O objetivo do Prêmio CNMP é prestigiar os programas e os projetos do Ministério Público que mais se destacaram na concretização do Planejamento Estratégico Nacional e no alinhamento com os propósitos definidos.

A vice-presidente Rosa Jorge integrou como convidada, pela segunda vez, a Comissão Julgadora do prêmio. Ela considera o prêmio muito importante por estimular práticas inovadoras, tanto do Ministério Público quanto de outras entidades da sociedade em favor do interesse público. “O SINAIT acredita neste tipo de iniciativa e fica feliz de poder contribuir”. Enfatizou ainda que houve reconhecimento do CNMP da importância da participação dos Auditores-Fiscais do Trabalho na escolha dos melhores projetos.

Iniciativas inovadores

A vice-presidente disse que o interessante do prêmio é que os projetos não ficam restritos ao papel. “Eles dão muito valor à prática e efetividade desse projeto. Isso para nós é fundamental, porque para os Auditores-Fiscais do Trabalho que lidam com as mazelas dos trabalhadores no dia a dia, um projeto só se reveste de real importância quando ele tem aplicação e eficácia na sociedade”.

Para o SINAIT, destacou Rosa Jorge, é uma grande honra e uma deferência participar de um evento deste, principalmente na premiação que coroa o resultado do trabalho de tanta gente em todo o país.

Foram 1.030 projetos

Concorreram a esta edição do Prêmio CNMP 1.030 iniciativas do Ministério Público brasileiro, dos 2.227 projetos inscritos no Banco Nacional de Projetos. Os trabalhos foram enquadrados em nove categorias: Defesa dos Direitos Fundamentais, Transformação Social, Indução de Políticas Públicas, Redução da Criminalidade, Redução da Corrupção, Unidade e Eficiência da Atuação Institucional e Operacional, Comunicação e Relacionamento, Profissionalização da Gestão e Tecnologia da Informação.

Durante o evento, o conselheiro do CNMP Sebastião Caixeta, que preside a Comissão de Planejamento Estratégico (CPE/CNMP), responsável pela premiação, afirmou que “independentemente do resultado, que se trata unicamente de incentivo à atuação ministerial pujante, o próprio Banco Nacional de Projetos é o grande manancial de conhecimento disponível aos ramos e unidades”.

Acesse aqui a lista de vencedores 2019.​