26 Mar

SOLIDARIEDADE: SINAIT reforça a necessidade de engajamento da categoria no combate ao coronavírus

Publicada em: 26/03/2020

Delegacias Sindicais devem se empenhar junto aos colegas em cada estado para ajudar os cidadãos e os trabalhadores mais vulneráveis    
 
Por Lourdes Marinho
Edição: Andrea Bochi
 
Uma rede de apoio tem se formado em todo o país diante das necessidades causadas pela pandemia do coronavírus, envolvendo entidades, sociedade civil e Estado. Itens de higiene, alimentos, valores em dinheiro e até mesmo serviços podem ajudar quem está mais vulnerável nesse momento.
 
Como zelar pela segurança e saúde de trabalhadores já é missão dos Auditores-Fiscais do Trabalho, neste momento de combate à pandemia da Covid-19 o SINAIT sugere que a categoria empenhe esforços para amenizar o sofrimento de milhares de trabalhadores formais e informais, bem como de cidadãos que estão em quarentena por todo o país.
 
Neste sentido, o SINAIT solicita o empenho de suas Delegacias Sindicais nesta campanha de solidariedade para amenizar o sofrimento de quem está sendo impactado pela pandemia da Covid-19. “Juntos, podemos fazer um trabalho de apoio, especialmente para os trabalhadores da saúde pública que estão na linha de frente e sofrem com a falta de Equipamentos de Proteção Individual, entre outras carências”, sugere a Diretoria Executiva Nacional do Sindicato.    
 
As contribuições podem ser doadas tanto para hospitais como comunidades carentes por meio de locais, coletivos e instituições que estão recebendo doações pelo país, pessoalmente ou via transferências bancárias e financiamentos coletivos. A escolha é de cada um.  
 
Redes de solidariedade estão trabalhando nesse sentido em vários estados. Várias delas foram listadas pela Ecoa - uma plataforma de conteúdo do UOL que tem como finalidade construir pontes entre os agentes de transformação, público e sociedade, costurando uma rede que possibilite amplificar o alcance e a viabilidade das ações. A lista é atualizada diariamente durante o período de enfrentamento à Covid-19.
 
Quem tiver uma indicação, pode marcar os perfis @Ecoa_UOL no Twitter ou Instagram, ou enviar mensagem para ecoa-uol@uol.com.br.
 
Exemplos de redes de solidariedade listadas pela Ecoa
 
O Fundo Emergencial para a Saúde - A Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, o Hospital das Clínicas da USP e a ONG Comunitas estão recebendo doações para mobilizar a população e fortalecer o sistema público de saúde brasileiro contra o novo coronavírus por meio do Fundo Emergencial para a Saúde. O grupo está também convocando "grandes investidores privados e filantropos a doarem recursos. Clique aqui para mais informações.
 
A rede “Rocinha Resiste”, por exemplo, está precisando com urgência, de água sanitária, sabão em barra, álcool em gel, cesta básica e água mineral. O coletivo está priorizando doações em dinheiro, para evitar aglomeração em pontos de coleta. Para doar: solicitar a conta para depósito pelo número /xx/21 97960-4495. Mais informações pelo facebook.com/arocinharesiste.
 
Corrente do Bem das Carreiras de Estado
 
O Fórum das Carreiras Típicas de Estado – Fonacate também está recebendo doações em dinheiro de servidores públicos e da sociedade em geral para ajudar no enfrentamento ao novo coronavírus. O Sinait, como uma das 32 entidades que integram o Fórum, apoia a iniciativa e está engajada na divulgação da Campanha.
 
O Fórum pretende arrecadar R$ 100 mil que serão destinados a entidades de combate à Covid-19, por exemplo ao Hospital Universitário de Brasília - HUB. Todo o recurso arrecado será auditado pelo Conselho Fiscal do Fonacate e a distribuição será amplamente divulgada por meio do site do Fonacate e de suas redes sociais. Para contribuir clique em Corrente do Bem das Carreiras de Estado ou direto em https://www.vakinha.com.br/vaquinha/corrente-do-bem-das-carreiras-de-estado