03 Set

Fonasefe alerta Ministério da Economia sobre perigos da reabertura dos serviços públicos não essenciais durante a pandem

Publicada em: 03/09/2020

Por Solange Nunes

Edição: Nilza Murari

Nesta quarta-feira, dia 2 de setembro, o Fórum Nacional das Entidades dos Servidores Públicos Federais, do qual o SINAIT faz parte, enviou o Ofício Circular nº 103/2020 ao secretário Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco Leal, alertando sobre as consequências da reabertura dos serviços públicos não essenciais em plena pandemia.

De acordo com o Fórum, pela Constituição Federal, no art. 196, “a saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação”.

O Brasil registrou no dia 1º de setembro 1.166 mortes pela Covid-19, chegando ao total de 122.681 óbitos. Em função disso, e por questão de segurança sanitária, o Fórum reivindica a manutenção dos serviços não essenciais em home office, enquanto durarem os efeitos da pandemia no País.

Leia aqui na íntegra o documento do Fonasefe enviado ao Ministério da Economia.​