14 Mai

Cartilha explica trabalho escravo contemporâneo em cinco idiomas

Publicada em: 14/05/2021

Com informações do gov.br

A campanha Proteja o Trabalho lançou a cartilha “Será que estou sendo vítima de trabalho escravo?”, nesta quarta-feira, dia 12 de maio, com informações sobre trabalho escravo contemporâneo. A realização é uma iniciativa da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT) em parceria com o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), a Organização Internacional do Trabalho (OIT) e a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

A cartilha visa assistir ao trabalhador de maneira geral e também ao migrante, principalmente, neste momento, em que o país se encontra em plena pandemia causada pela Covid-19, em que as pessoas têm dificuldades para tirar dúvidas sobre seus direitos, entre os quais, alguns relacionados às leis trabalhistas.

Em função disso, o material traz orientações importantes para que todos, especialmente os migrantes e refugiados, saibam o que é considerado Trabalho Escravo no Brasil, quais são os direitos trabalhistas em nosso país e como denunciar situações de exploração; com conteúdo disponível em cinco idiomas: português, espanhol, inglês, francês e árabe.

Saiba mais aqui sobre a cartilha e outros materiais da campanha.