09 Mar

AL: Auditores-Fiscais do Trabalho embargam obra de edifício na praia de Jatiúca

Publicada em: 09/03/2018

Assessoria do Sinait, com informações da DS/AL

Auditores-Fiscais do Trabalho da Superintendência Regional do Trabalho em Alagoas – SRT/AL embargaram nesta quinta-feira, 8 de março, a construção de um edifício próximo ao viaduto João Lyra, na praia de Jatíúca, em Maceió (AL). A interdição foi feita em uma visita de rotina à obra. De acordo com o Auditor-Fiscal do Trabalho responsável pelo embargo, Alexandre Sabino, havia grave e iminente risco de acidente no local.

Sabino relata as irregularidades encontradas na construção do edifício. Utilização de andaimes sem piso de trabalho de forração completa e sem travamento seguro, falta de proteção contra quedas de trabalhadores e contra projeção de materiais na periferia da edificação, negligência na adoção de medidas para prevenção e combate a incêndio em diversos setores, atividades, máquinas e equipamentos do canteiro de obras, são alguns dos exemplos. “A obra apresentava vários riscos, tanto em sua estrutura quanto para os trabalhadores, entre eles o risco de incêndio, de queda de nível e no próprio nível, corte nos membros superiores”, detalhou o Auditor-Fiscal.

A obra somente poderá ser desembargada quando os responsáveis adotarem medidas corretivas para os problemas apontados. De acordo com orientações dos Auditores-Fiscais do Trabalho, a construtora deverá dotar a obra de extintores de incêndio, garantir que os andaimes tenham o piso completamente forrado e preso à estrutura, além de instalar escada de acesso ao posto de trabalho e guarda-corpo conforme exigências do Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção Civil – PCMAT.

Os responsáveis deverão ainda dotar a escada coletiva de corrimão, fechar as aberturas no piso de forma resistente, instalar proteção contra queda de trabalhadores e de materiais na periferia da obra, identificar as instalações elétricas para que não apresentem risco de incêndio, garantir que o disco da serra circular tenha frenagem imediata quando de seu desligamento, armazenar as ferramentas manuais em local seguro, distante das vias de circulação, e garantir que os guarda-corpos e demais dispositivos de segurança respeitem as previsões do PCMAT.