13 Mar

AL - Auditores-Fiscais do Trabalho interditam andaimes por falta de segurança

Publicada em: 13/03/2018

Andaimes interditados ficam em condomínio de luxo no litoral norte da capital

Andaimes de obra foram interditados, na última sexta-feira, 9 de março, em Maceió, durante fiscalização de rotina de Auditores-Fiscais do Trabalho. Os andaimes interditados estavam sendo utilizados em construção de condomínio de luxo, localizado no litoral norte da capital alagoana.

De acordo com o Auditor-Fiscal do Trabalho, Alexandre Sabino, responsável pela ação fiscal, o andaime não estava fixado à estrutura de edificação, o que poderia causar o tombamento do equipamento. “Quando informado sobre a interdição, o engenheiro responsável alegou que era uma obra rápida e que, por isso, nem todos os dispositivos de segurança haviam sido implementados”, disse Sabino.

Alexandre Sabino destaca que a velocidade de execução de uma obra é inversamente proporcional à segurança do trabalho. “Quanto mais rápida uma atividade é executada, mais improvisos ocorrem e, consequentemente, mais acidentes graves”, alertou o Auditor-Fiscal.

Segundo Alexandre Sabino, a obra só continua depois que as irregularidades forem sanadas. Dentre os problemas que precisam ser resolvidos estão o travamento do piso do posto de trabalho à estrutura metálica do andaime e a sua forração completa. E acrescenta que deve haver uma escada de acesso ao posto de trabalho, para evitar que o empregado escale a estrutura toda vez que subir e descer.

Além disso, o andaime precisa de proteção contra queda de trabalhadores e de materiais no posto de trabalho. É obrigatório ainda que haja um local seguro para o trabalhador ancorar seu cinto de segurança enquanto estiver exposto ao risco de queda.