07 Jun

Equipe da SIT homenageia Maria Teresa Jensen

Publicada em: 07/06/2018

Por Dâmares Vaz

Edição: Nilza Murari

A equipe que acompanhava a ex-secretária de Inspeção do Trabalho, Maria Teresa Pacheco Jensen, na Secretaria de Inspeção do Trabalho do Ministério do Trabalho – SIT/MTb fez uma homenagem à Auditora-Fiscal do Trabalho, expressando o reconhecimento ao seu trabalho em uma carta.

A servidora foi exonerada do cargo no dia 30 de maio, poucos dias depois de, em uma entrevista à Rede Globo, expor que há poucos recursos e que faltam Auditores-Fiscais para a fiscalização. De forma desrespeitosa, a ex-secretária somente soube da demissão pelo Diário Oficial da União.

A saída de Maria Teresa foi duramente criticada pelo Sinait, que vê no fato mais uma indesejável interferência política na SIT – saiba mais aqui.

Em tom afetuoso, a equipe registra as principais realizações no âmbito da SIT na gestão da ex-secretária.

Confira:

"Maria Teresa Pacheco Jensen foi a Secretária do período mais turbulento que o país enfrentou nas últimas décadas. Impeachment, manifestações com extrema violência, invasão e depredação dos ministérios, ameaça de bomba exigindo a evacuação do prédio do MTb, greve dos caminhoneiros que balança as estruturas da sociedade. E nesse mar de tsunami onde se desenvolveu sua atuação, Teresa nos guiou numa gestão com três pilares: nos estruturar para aprimorar nossa atuação, fortalecer a carreira e combater interferências externas. E foram inúmeras as batalhas. A luta para garantir um regimento interno que preservasse nossas prerrogativas e independência, a crise do trabalho escravo e todas as duras medidas para que retor nasse para a SIT a regulamentação sobre o tema. Toda a ação e articulação para garantir o protagonismo da fiscalização do MTb no E-social, a construção do Bigdata, as ações para fortalecer a fiscalização de Segurança e Saúde no Trabalho, a manutenção da independência da CGR, são alguns exemplos que merecem destaque e ilustram os três pilares de sua gestão.

Nem tudo foram acertos, mas Maria Teresa foi a Secretária do gabinete de portas abertas, recebia com a maior prontidão todo Auditor-Fiscal que a procurava, prezava pelo contato com a categoria e a proximidade e diálogo com as Superintendências. Enterrou o apelido de “faixa de gaza” do corredor que separa os dois Departamentos, proporcionando integração e espírito de corpo entre as áreas de fiscalização como nunca antes observado. Nós, equipe, estávamos sob constante cobrança, mas Teresa sempre manifestava o reconhecimento por nosso esforço. Teresa nos fazia sentir parte ativa da construção de uma auditoria melhor.

Maria Teresa Pacheco Jensen, líder, guerreira, fiel defensora dos interesses da Auditoria Fiscal, nos proporcionou um aprendizado de vida. Sua gestão se encerra, mas os valores e pilares plantados continuarão a florescer nos trabalhos dos colegas que nos sucederão.

Obrigada por tudo, chefa!!!

Equipe da Secretária Maria Teresa Pacheco Jensen

Brasília, 31 de maio de 2018."