01 Nov

RS: Auditor-Fiscal do Trabalho sofre ameaça em Santa Maria

Publicada em: 01/11/2018

Por Nilza Murari

O SINAIT tomou conhecimento nesta quinta-feira, 1º de novembro, de ameaça dirigida a um Auditor-Fiscal do Trabalho lotado na Gerência Regional do Trabalho de Santa Maria – GRT/Santa Maria, no Rio Grande do Sul.

Segundo o relato recebido, uma mulher foi até a sede da GRT nesta quarta-feira, 31 de outubro, para ameaçar de morte o Auditor-Fiscal, em razão de uma fiscalização realizada. Na mesma noite, o vigilante da GRT encontrou na porta caixas com ovos quebrados e palavras ofensivas.

O caso foi levado à Polícia Federal, que está investigando.

As ameaças também foram levadas ao conhecimento do Ministro do Trabalho. Segundo os Auditores-Fiscais, a promessa do MTb é de providenciar sistema de monitoramento eletrônico para a GRT.

Para o SINAIT o problema é gravíssimo e exige medidas efetivas de proteção aos Auditores-Fiscais do Trabalho. “Não podemos correr o risco de repetir uma Chacina de Unaí. A ameaça foi clara e com endereço certo. O Ministério do Trabalho tem que garantir segurança aos colegas”, diz Rosa Jorge, vice-presidente do Sindicato.

Na tarde desta quinta-feira o SINAIT protocolou correspondências no gabinete do ministro e na Secretaria de Inspeção do Trabalho. “Pedimos providências efetivas e imediatas para proteger a vida dos colegas, a fim de evitar mais uma tragédia. Os Auditores-Fiscais cumprem a lei e não podem, em razão disso, sofrer quaisquer constrangimentos ou ameaças”, conclui Carlos Silva, presidente da entidade.

O Sindicato segue acompanhando o caso e seus desdobramentos.

Veja na área restrita do site, na aba Comunicação – Informes, a Certidão de Ocorrência da Polícia Federal.​

Confira aqui e aqui as cartas enviadas ao ministro do Trabalho e ao Secretário de Inspeção do Trabalho.