03 Dez

SE: Fiscalização do Trabalho interdita atividades da Companhia de Saneamento por risco de choque elétrico

Publicada em: 03/12/2018

Por Solange Nunes, com informações da SRT/SE

Edição: Nilza Murari

Auditores-Fiscais da Superintendência Regional do Trabalho de Sergipe – SRT/SE interditaram, no dia 28 de novembro, todas as atividades da Companhia de Saneamento de Sergipe – Deso por risco de choque elétrico aos empregados da empresa. A sede administrativa da Deso fica na capital Aracajú.

A ação fiscal foi deflagrada após a morte por choque elétrico de um empregado da Deso, no dia 2 de outubro. O acidente ocorreu durante a realização do serviço de instalação de uma bomba d’água para melhoramento na prestação de serviços de abastecimento na zona rural do município de Riachão do Dantas, no interior de Sergipe.

De acordo com a equipe de Fiscalização do Trabalho, a medida foi adotada após a constatação de risco de choque elétrico nas atividades dos empregados. O relatório final da investigação do acidente de trabalho, elaborado pelos Auditores-Fiscais do Trabalho, constatou o descumprimento de uma série de requisitos obrigatórios de segurança previstos na normatização pertinente, em especial na Norma Regulamentadora - NR nº 10, que ordena medidas de segurança em instalações e serviços em eletricidade.

A interdição das atividades da Deso visa prevenir novos acidentes de trabalho que envolvam a exposição de trabalhadores ao risco de choque elétrico. Os Auditores-Fiscais ainda constataram negligência da empresa na adoção das medidas de controle deliberadas na NR 10. Em função disso, a interdição deverá perdurar até que as medidas de controle de riscos determinadas pela equipe de fiscalização sejam implantadas.​