07 Fev

Frente Parlamentar em Defesa da Previdência retoma debate, com foco na reforma

Publicada em: 07/02/2019

No dia 20 de março, ocorrerá o relançamento do grupo, que tem em sua composição mais de 102 entidades da sociedade civil, entre as quais o SINAIT

Por Dâmares Vaz, com informações da Agência Câmara

Edição: Nilza Murari

A Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social retomou os debates nesta quarta-feira, 6 de fevereiro, em reunião na Câmara dos Deputados com parlamentares e algumas das 102 entidades da sociedade civil que a compõem, entre elas o SINAIT. As discussões no âmbito do grupo ganham ainda mais força por ser a reforma previdenciária uma das pautas prioritárias do novo governo. O relançamento da frente ocorrerá no dia 20 de março.

Os coordenadores da frente adiantaram que querem apresentar uma proposta de reforma diferente da do governo, cujo texto preliminar veio à tona no início desta semana – veja mais aquiaqui e aqui. Também avaliam ser fundamental que os parlamentares esclareçam a população sobre a real situação da Previdência, sempre defendendo o sistema público, urbano e rural.

O senador Paulo Paim (PT/RS) lembrou que a frente existe há 32 anos, desde a Assembleia Constituinte, e esteve nesse tempo todo sob sua coordenação no Senado e sob a coordenação na Câmara do ex-deputado Arnaldo Faria de Sá. Agora quem deve assumir é o deputado federal Bohn Gass (PT/RS).

Na reunião desta quarta-feira, o grupo chegou ao entendimento de que é preciso tornar a frente multipartidária, envolvendo parlamentares de todos os espectros políticos em torno da pauta de uma previdência pública de qualidade e sustentável. Para tanto, foi recomendada mobilização nos estados, nas bases eleitorais dos novos congressistas.

O deputado federal Bohn Gass pediu às entidades que se associem formalmente ao grupo. Também incentivou a criação de frentes estaduais de defesa da Previdência.

Da reunião participaram os deputados Edmilson Rodrigues (PSOL/PA), Erika Kokay (PT/DF), Heitor Schuch (PSB/RS), Rodrigo Coelho (PSB/SC) e Zé Neto (PT/BA).

O grupo volta a se encontrar na próxima quarta-feira, 13 de fevereiro, às 14 horas, no Plenário 10 da Câmara dos Deputados.​