14 Mar

MP 873 – SINAIT e entidades defendem o movimento sindical na luta contra a reforma da Previdência

Publicada em: 14/03/2019

O SINAIT e diversas entidades representativas de servidores públicos e trabalhadores da iniciativa privada levaram ao presidente do Supremo Tribunal Federal – STF, ministro Dias Toffoli, argumentos pela suspensão da Medida Provisória – MP 873/2019. As instituições frisaram que a matéria inviabiliza o funcionamento das representações. O Sindicato foi representado pela vice-presidente, Rosa Maria Campos Jorge, na reunião que ocorreu nesta quarta-feira, 13 de março.

Os dirigentes expuseram ainda o entendimento de que a MP tem como objetivo diminuir a capacidade de mobilização das categorias no momento em que são discutidas drásticas alterações no sistema previdenciário dos brasileiros, as quais podem trazer danos irreversíveis ao direito à aposentadoria. Para as entidades, a matéria tem apenas caráter diversionista.

Depois de ouvir atentamente as instituições, o presidente do Supremo afirmou que irá levar os argumentos para discussão e análise com os demais ministros.