10 Abr

Reforma da Previdência: Mosap apresentará emenda para acabar com contribuição do servidor aposentado

Publicada em: 10/04/2019

Por Solange Nunes

Edição: Nilza Murari 

Os dirigentes do SINAIT Hugo Moreira e Marco Aurélio Gonsalves participaram da reunião do Movimento dos Servidores Públicos Aposentados e Pensionistas – Instituto Mosap, nesta terça-feira, 9 de abril, na sede da entidade, em Brasília (DF). Na pauta, produção de emenda à Proposta de Emenda à Constituição – PEC nº 6/2019, reforma da Previdência, cujo objetivo é acabar com o desconto da contribuição do servidor público aposentado. 

O presidente do Mosap, Edison Guilherme Haubert, disse que o objetivo é acabar com a contribuição dos servidores públicos aposentados. “É uma cobrança injusta que se perpetua há anos e vamos acabar com esta contribuição por meio dessa emenda”. 

Os integrantes do Movimento acreditam que a matéria precisa estar bem embasada e não deixar dúvidas sobre o fim da contribuição. Eles lutam há mais de uma década para encerrar esta arrecadação considerada abusiva. 

Os dirigentes do SINAIT Hugo Moreira e Marco Aurélio reforçaram a luta da entidade no Parlamento contra a contribuição dos aposentados. “O Sindicato Nacional integrou várias frentes, conversando com parlamentares e líderes, sensibilizando sobre a injustiça da contribuição dos aposentados”. 

Eles lembraram ainda as reuniões e encontros na Câmara dos Deputados pedindo a inclusão em pauta e votação da Proposta de Emenda à Constituição – PEC nº 555/2006. A matéria propõe acabar, de forma progressiva, com a contribuição dos aposentados. “Foram iniciativas que se mostraram infrutíferas. A emenda que será apresentada pelo Mosap tenta restabelecer o pleito da PEC 555”.​