24 Jan

Integrantes do INAI deliberaram ações para o primeiro trimestre de 2020

Publicada em: 24/01/2020

Por Solange Nunes

Edição: Nilza Murari

Os dirigentes do Instituto Ação Integrada – INAI reuniram-se para planejar ações e atividades para o primeiro trimestre de 2020. O encontro ocorreu nestas terça e quarta-feiras, 21 e 22 de janeiro, na sede do SINAIT, em Brasília (DF).

Participaram da reunião a presidente do Inai, Vera Jatobá, o secretário Valdiney Arruda e os associados Ana Palmira e Reginaldo Cruz.

Os integrantes definiram atividades para o primeiro trimestre com base nas deliberações da reunião com o próprio INAI e na prestação de assessoria técnica aos encaminhamentos da reunião com o Movimento de Ação Integrada – MAI, ambas realizadas em dezembro. Foram direcionadas ações como atualização da linha do tempo do trabalho escravo e contribuição na atualização de dados cadastrais das entidades integrantes do MAI e respectivos representantes. Além da construção de uma agenda conjunta do INAI com o MAI.

As reflexões iniciais para subsidiar discussões junto ao Congresso e ao Poder Executivo, bem como a atualização da linha do tempo, contaram com uma proposta encaminhada pelo Grupo de Trabalho formado por Virna Damasceno, Claudia Marcia de Sousa Ribeiro, Paulo Cesar Lima e coordenado por Paula Mazullo, todos integrantes do INAI.

Os estudos técnicos pretendidos têm como foco de combate ao trabalho escravo no Brasi, a sua história e os seus planos de ações governamentais e não governamentais. Outras contribuições serão agregadas ao referido estudo inicial.

Os encontros técnicos do INAI se darão preferencialmente coincidindo com as reuniões do MAI, com o objetivo de otimizar as agendas de todas as entidades envolvidas.

De acordo com Vera Jatobá, presidente do INAI, as decisões foram pautadas com o objetivo de reunir as duas entidades em decisões conjuntas para fortalecer iniciativas e atividades. “Vamos atuar segundo os princípios do MAI visando reforçar as produções, eventos técnicos e iniciativas de combate ao trabalho escravo contemporâneo".

A próxima reunião do INAI em conjunto com o MAI está prevista para ocorrer no dia 12 de fevereiro.