31 Mar

Covid-19: Auditor-Fiscal do Trabalho retido no Equador está de volta ao Brasil

Publicada em: 31/03/2020

Ele é um dos 160 brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil que estavam retidos no Equador, por conta do fechamento das fronteiras em razão da pandemia do coronavírus 

Por Lourdes Marinho

Edição: Nilza Murari 

O Auditor-Fiscal do Trabalho Eduardo Reiner, de Curitiba (PR), retornou ao Brasil nesta segunda-feira, 30 de março. Ele é um dos 160 brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil que estavam em Quito, no Equador, e que foram repatriados pelo governo brasileiro. 

Eduardo estava em viagem de férias e ficou retido em território equatoriano devido às medidas de segurança adotadas em face da pandemia do novo coronavírus, que fechou fronteiras aéreas e terrestres, entre outras iniciativas para conter a propagação do vírus. 

Em um vídeo postado em seu Instagram, ele agradece o empenho de autoridades brasileiras, e também do presidente do SINAIT, Carlos Silva, que empenhou esforços para viabilizar o retorno de Reiner e demais brasileiros no Equador. 

O grupo retornou em um voo da empresa aérea Gol fretado pelo governo brasileiro. O voo decolou do aeroporto Internacional Mariscal Sucre na segunda-feira em direção ao aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, onde terminou a operação custeada pelo governo brasileiro. 

A Embaixada do Brasil em Quito cuidou de todos os trâmites legais para a repatriação do grupo, como autorização do pouso da aeronave na capital equatoriana, contato com as autoridades para resolver questões relativas ao transporte do Centro em direção ao aeroporto, segurança e medidas sanitárias requeridas pelas autoridades locais.​