06 Abr

Covid-19: SINAIT incentiva o uso de máscara de pano, como parte das ações do Abril Verde

Publicada em: 06/04/2020

Além de proteger a população, a iniciativa visa fazer com que os equipamentos profissionais fiquem com trabalhadores da área da saúde
 
Por Lourdes Marinho, com informações do Ministério da Saúde e do Uol/vivabem/notícias
Edição: Nilza Murari
 
No mês da Prevenção de Acidentes e Doenças do Trabalho, o “Abril Verde”, o SINAIT convida a todos a abraçar a Campanha #UseUmaMáscara do Ministério da Saúde. Se antes o Ministério recomendava o uso de máscaras apenas para quem estava com sintomas de Covid-19 e profissionais de saúde, agora o cenário é outro, já que estudos chineses recentes mostraram que as pessoas assintomáticas têm um papel importante na disseminação do vírus.
 
Além de eficiente, é um objeto simples, que não exige grande complexidade de produção e pode ser um ótimo aliado no combate à propagação do coronavírus no Brasil, protegendo você, outras pessoas ao seu redor e a sociedade.
 
O uso de máscaras caseiras pela população passou a ser defendido pelo Ministério da Saúde com o intuito de que os equipamentos profissionais fiquem com trabalhadores da área da saúde.
 
O SINAIT está engajado nesta campanha de combate ao novo coronavírus e lista o vídeo do VivaBem que ensina como produzir a sua máscara em casa usando o que você já tem, sem precisar usar agulha, linha ou máquina de costura. Você precisa escolher um tecido que tiver em casa e usar dois elásticos de cabelo ou ligas elásticas. Super rápido. Veja o vídeo que ensina como fazer a máscara.
 
O SINAIT testou e, na falta de elásticos de cabelo, pode ser usada liga de amarrar dinheiro, que são encontradas em qualquer papelaria ou aproveitada de embalagem de flores compradas em supermercado, desde que higienizadas corretamente. Mas vale lembrar que alguns cuidados são necessários: é preciso que a máscara tenha pelo menos duas camadas de pano, ou seja, dupla face. E mais uma informação importante: ela é individual. Não pode ser dividida com ninguém.
 
As máscaras caseiras podem ser feitas em algodão, TNT, lenço, bandana ou outros tecidos – tricoline, por exemplo, desde que higienizadas corretamente. O importante é que a máscara cubra totalmente a boca e o nariz e que esteja bem ajustada ao rosto, sem deixar espaços nas laterais.
 
Devem ser usadas sempre que precisar sair de casa, como para ir ao supermercado ou farmácia. Saia sempre com pelo menos uma máscara de reserva – que deve estar guardada em um saco plástico limpo e só para ela— e leve uma sacola para guardar a máscara suja, quando precisar trocar.
 
A hora de colocar e retirar a máscara do rosto também exige atenção. Veja os cuidados abaixo:
 
Como colocar a máscara
1. Lave bem as mãos com água e sabão;
2. Prenda a máscara atrás das orelhas, seja com o elástico ou amarrando as tiras;
3. Certifique-se de cobrir bem o nariz e a boca;
4. Evite tocar a parte da frente enquanto estiver colocando-a.
Lembre-se: a máscara deve ser usada por cerca de duas horas. Depois desse tempo, é preciso trocar. Então, o ideal é que cada pessoa tenha pelo menos duas máscaras de pano.
 
Como remover a máscara
1. Lave bem as mãos com água e sabão;
2. Evitar tocar a parte da frente da máscara;
3. Apenas toque o elástico ou tira que a prende atrás das orelhas para retirá-la e coloque-a para lavar;
4. Lave novamente as mãos com água e sabão.
 
Como lavar a máscara
1. As máscaras caseiras são individuais e devem ser lavadas pelo próprio indivíduo. Cada membro da família deve ter as suas.
2. Lave-as com sabão ou água sanitária, deixando de molho por cerca de 20 minutos.​