25 Jun

Procuradoria Regional do Trabalho de São Paulo investiga o caso de agressão a Auditor-Fiscal do Trabalho

Publicada em: 25/06/2020

Por Nilza Murari

A respeito do caso de agressão ao Auditor-Fiscal do Trabalho Paulo Roberto Warlet da Silva, ocorrido em São Paulo no dia 9 de junho, o SINAIT enviou correspondências a autoridades de várias instituições relatando o fato e pedindo providências para que o caso seja devidamente apurado e o agressor punido. Uma das instituições oficiadas foi a Procuradoria Regional do Trabalho da 2ª Região – São Paulo, que enviou resposta ao Sindicato Nacional nesta quinta-feira, 25 de junho. Relembre aqui.

A procuradora do Trabalho Aline Pedrosa Oishi Delena, em resposta ao ofício do SINAIT, informa que o pedido de instauração de inquérito civil foi indeferido em razão de já haver uma investigação em curso, pelo Ministério Público do Trabalho, sobre o mesmo episódio. Em outras palavras, diante da relevância do caso, o próprio MPT instaurou o inquérito e já procede a investigação em razão de abuso de poder hierárquico do empresário que agrediu o Auditor-Fiscal do Trabalho. Veja os documentos recebidos da PRT 2ª Região aqui e aqui.

Apesar do indeferimento do pedido, o SINAIT registra que é uma boa notícia a comunicação de que o caso já está sendo investigado. Seguirá acompanhando os desdobramentos, em constante contato com a PRT 2ª Região.

Acesse aqui a Nota Pública do SINAIT sobre o caso de agressão ao Auditor-Fiscal Paulo Roberto Warlet da Silva.