29 Jun

25 Anos do Grupo Móvel: Auditor Sérgio Carvalho conta experiência e por que faz registro fotográfico dessa história

Publicada em: 29/06/2020

Por Dâmares Vaz
Edição: Nilza Murari
 
A Divisão de Fiscalização para Erradicação do Trabalho Escravo – Detrae e a Escola Nacional da Inspeção do Trabalho –  Enit, ligadas à Subsecretaria de Inspeção do Trabalho – SIT, lançaram mais um vídeo da série dedicada aos 25 Anos do Grupo Especial de Fiscalização Móvel – GEFM, completados em 15 de maio. No material, o Auditor-Fiscal do Trabalho Sérgio Carvalho relata parte de sua experiência atuando nas equipes do GEFM.
 
A série conta com o apoio do Programa TRACK4TIP, das Nações Unidas, de combate ao tráfico de pessoas, e registra 47 vídeos, que reuniu Auditores-Fiscais do Trabalho e outros atores da história do combate ao trabalho escravo contemporâneo no Brasil.
 
Sérgio Carvalho abre seu relato contando a primeira operação de que participou e como tudo o deixou impressionado e indignado. “Os trabalhadores mal falavam, havia pistoleiros. Nosso informante, o mateiro que ia nos guiar, não compareceu por medo; o ‘gato’ [como é chamado o aliciador de trabalhadores] era um assassino. Havia angústia e medo muito grandes”, registra.
 
Foi ao se deparar com essa realidade que o Auditor não apenas se engajou definitivamente no GEFM, como passou a registrar essa história, usando a fotografia como instrumento de denúncia social. “Esses trabalhadores existiam, mas o Brasil não conhecia a sua existência. A fotografia deu visibilidade a eles, que eram explorados como se fossem coisas. A fotografia, além de trazer o reconhecimento e dar importância ao tema, faz pensar”, diz.
 
Todos os vídeos podem ser conferidos no canal da Enit no YouTube. Acesse  playlist que reúne o conteúdo.