11 Set

Na mídia: Ação do Grupo Móvel em SC, que resultou no resgate de 14 trabalhadores, é noticiada pela imprensa

Publicada em: 11/09/2020

Por Dâmares Vaz
Edição: Nilza Murari

Ação fiscal do Grupo Especial de Fiscalização Móvel – GEFM, que resultou no resgate de 14 trabalhadores escravizados em Ituporanga (SC), foi noticiada na imprensa. A operação ocorreu no começo do mês de setembro.

De acordo com a Divisão de Fiscalização para Erradicação do Trabalho Escravo da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho – Detrae/SIT, as circunstâncias do caso caracterizam ainda crime de tráfico de pessoas.

Os trabalhadores foram trazidos da região Nordeste, de vários estados, para serem empregados nas plantações de cebola. Uma das vítimas tinha menos de 18 anos, o que configura trabalho infantil.

Libertos, parte dos trabalhadores voltou a seus estados de origem e vai receber o Seguro-Desemprego Especial de resgatados. Outra parte conseguiu vagas diferentes de trabalho em Santa Catarina.

Globo – Jornal do Almoço (SC) – Escravidão em Ituporanga, no Alto Vale

G1 Santa Catarina – Mais 14 trabalhadores são resgatados em plantação de SC vítimas de trabalho análogo ao escravo

Portal Expresso – Nova denúncia de trabalho escravo em plantação de cebola de Ituporanga

Oeste Mais – Mais 14 trabalhadores são resgatados em plantação, vítimas de trabalho análogo ao escravo

ndMais – Fiscalização resgata 14 trabalhadores em situação de escravidão no Alto Vale do Itajaí

NSCTotal – Operação flagra trabalho escravo em plantação de cebola em SC