19 Nov

Na Mídia - Confira matérias sobre a declaração de Maia que adia para 2021 a tramitação da reforma administrativa

Publicada em: 19/11/2020

Por Andrea Bochi

Edição: Nilza Murari 

Veja algumas matérias desta semana sobre a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal - STF, Marco Aurélio, a respeito do Mandado de Segurança impetrado, com questionamentos sobre a reforma administrativa, em que estabelece que cabe ao presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), a definição sobre a tramitação ou não da Proposta de Emenda à Constituição – PEC 32/2020.

Maia, na noite de 17 de novembro,  declara que a tramitação da proposta de Reforma Administrativa – PEC 32/20, que atinge os servidores públicos, ficará para o ano que vem.

Veja algumas matérias publicadas:

É Rodrigo Maia, e não Paulo Guedes, quem deve decidir sobre suspensão da reforma administrativa, decide STF

Servidores comemoram “suspensão” do trâmite da reforma administrativa no Congresso

STF: Maia é quem deve decidir sobre suspensão da reforma que acaba com a estabilidade

Maia deve decidir sobre suspensão da Reforma Administrativa, diz STF

STF decide que Maia responda a mandado de segurança sobre reforma administrativa 

Reforma Administrativa: STF diz que Maia deve decidir sobre suspensão

Reforma Administrativa: Maia deve decidir sobre a suspensão. Entenda 

Maia age para tentar garantir avanço da reforma administrativa