05 Abr

Nota de Falecimento - PAULO MEDINA

Publicada em: 05/04/2021

O SINAIT e a Delegacia Sindical da entidade no Paraná (DS/PR) informam, com pesar, o falecimento do pai da Auditora-Fiscal do Trabalho Érika Medina. Paulo Medina tinha 79 anos e era ministro aposentado do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ele faleceu neste sábado, 3 de abril, em consequência da Covid-19, em Belo Horizonte (MG). 

Natural de Rochedo de Minas, município mineiro, Paulo Medina foi vereador do município, de 1961 a 1965. Formou-se bacharel em Direito pela Universidade Federal de Juiz de Fora, em 1965, e advogou até 1968, quando foi aprovado no concurso para juiz de Direito, atuando em várias comarcas mineiras. Em 1985, tornou-se juiz do Tribunal de Alçada local e, em 1991, desembargador do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). 

Foi presidente da Associação dos Magistrados Mineiros, de 1993 a 1995; da Associação dos Magistrados Brasileiros, de 1995 a 1997; e da Federação Latino-Americana de Magistrados, de 1997 a 1999. 

Em 2001, Paulo Medina tornou-se ministro do STJ, cargo que exerceu até se aposentar em 2010. O ministro também foi professor nas faculdades de Direito da Universidade Federal de Juiz de Fora, Barbacena, Conselheiro Lafaiete e na Pontifícia Universidade Católica, todas em Minas Gerais. 

Despedidas 

Os familiares despediram-se do ministro Paulo Medina neste domingo, 4 de abril, durante cerimônia de cremação no Parque Renascer. Posteriormente, as cinzas serão levadas para a cidade de Rochedo de Minas, onde o ministro Paulo Medina nasceu. 

O SINAIT e a DS/PR solidarizam-se com familiares e amigos, em especial com a Auditora-Fiscal do Trabalho Erika Medida, neste momento de dor.