21 Jul

Mosap organiza campanha digital contra a reforma administrativa

Publicada em: 21/07/2021

Por Solange Nunes

Edição: Andrea Bochi

Em encontro virtual, nesta terça-feira, 20 de julho, o Movimento dos Servidores Públicos Aposentados e Pensionistas - Instituto Mosap, do qual o SINAIT participa, reuniu-se para analisar o primeiro ponto da campanha digital contra a reforma administrativa desenvolvida pela entidade. O objetivo da campanha é uma mobilização virtual que envolverá parlamentares e servidores públicos aposentados contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 32/2020, que trata da reforma administrativa. A reunião contou com a participação dos dirigentes do SINAIT Benvindo Soares e Marco Aurélio Gonsalves.

A campanha, que foca no combate à reforma administrativa, inclui cinco pontos: reformulação do site; Seo site – é um conjunto de técnicas que visa melhorar posicionamento do site durante as buscas; Social Media – gestão das mídias sociais - linhas editoriais e posts; Gestão de Tráfego e Landing pages.

Nesta renovação do portal, cujo objetivo é a modernização e o dinamismo, o Movimento busca aumentar a participação dos aposentados no mundo virtual, é o que explica, o presidente do Mosap, Edison Haubert. “É uma campanha exclusivamente de marketing digital, focada em ações pela internet, com novas tecnologias e um novo jeito para os aposentados se conectarem ao mundo on-line”.

O novo site ainda contará a história do Mosap de diversas maneiras, como, por meio de organograma, museu virtual com fotos antigas de ações do Movimento. Além disso, disponibilizará contatos de entidades parceiras e seções de editoriais específicos com notícias dos grandes veículos de imprensa sobre os servidores públicos.

Neste novo formato, as notícias captadas serão retransmitidas, de acordo com o tema, para editorias específicas, como, por exemplo, Editoria Servidores Públicos, Editoria Nossas Entidades, entres outras do site.

A segunda fase da campanha focará monitoramento e mapeamento nas redes sociais dos parlamentares – senadores e deputados federais – e dos aposentados do serviço público, independente da sua categoria, para envolver a todos em assuntos de interesse do segmento, como a atual a reforma administrativa.

A proposta prejudica indistintamente servidores ativos e aposentados e a sociedade de maneira geral. No caso dos aposentados, a reforma administrativa acaba com o fim da paridade. Atualmente, o mesmo reajuste que se dá aos ativos, é concedido aos aposentados. Com a PEC32, isso poderá mudar.

Mobilização virtual

A ideia de estratégias e mobilizações virtuais pela internet, é analisada pelos integrantes do Instituto Mosap como essencial. Afinal, o país, neste momento pandêmico pela Covid-19, registrou, no dia 18 de julho, 542.214 pessoas mortas pela doença, segundo o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

Para Benvindo Soares, a proposta é pertinente e essencial, na atual conjuntura, em função do segmento ter limitações para a mobilização física, “o site e a proposta do novo portal permite o desenvolvimento de uma mobilização virtual e inovadora”.

Marco Aurélio Gonsalves lembra que o período não é oportuno para atividade presencial. No entanto, o Congresso Nacional continua analisando temas importantes. “O novo portal é uma forma de continuarmos a trabalhar contra a reforma administrativa. Já que as ações presenciais estão mais difíceis de ocorrer por causa da pandemia”.