17 Set

A importância do CadÚnico para a pessoa idosa e suas famílias é abordada em live

Publicada em: 17/09/2021

A ex-diretora do SINAIT e secretária Geral da Comissão do Idoso da OAB-BA, Diva Maria Souza Santos, conduziu o bate-papo virtual com especialistas no tema. 4 milhões de pessoas idosas tiveram acesso ao benefício do auxílio emergencial na pandemia por meio do CadÚnico 

Por Lourdes Marinho

Edição: Andrea Bochi 

A Comissão do Advogado Idoso da OAB Bahia promoveu na noite desta quinta-feira, 16 de setembro, a live “Cadastro Único - Qual a Importância para a Pessoa Idosa e suas Famílias”. A iniciativa integra as ações da comissão alusivas ao Dia Nacional do Idoso e Dia Internacional da Terceira Idade, celebrados em 1° de outubro. 

A ex-diretora do SINAIT e secretária Geral da Comissão do Idoso da OAB-BA, Diva Maria Souza Santos, conduziu o bate-papo virtual com as professoras e assistentes sociais, Deysiene Cruz, especialista em família e gerontologia, e Adriana Lima, especialista em educação especial.       

Mais de 15 milhões de brasileiros tiveram acesso ao benefício do auxílio emergencial por meio do Cadastro Único (CadÚnico) nesta pandemia do coronavírus. Desse total, 4 milhões foram de pessoas idosas. No entanto, o CadÚnico não tem estatísticas sobre os idosos que ficaram sem o benefício por falta de atualização do cadastro.   

O CadÚnico é uma ferramenta do governo federal para identificar as famílias em situação de vulnerabilidade social. Com esses dados, as famílias são integradas em programas sociais que visam melhorar a condição de vida, como o bolsa família, BPC e outros. 

Assista a live aqui.