13 Jun

Na mídia: Em Goiânia, Auditor-Fiscal do Trabalho investiga excesso de carga horária de trabalhadores em buffet

Publicada em: 13/06/2017

Em entrevista à TV Anhanguera/G1 Goiás nesta terça-feira, 13 de junho, o Auditor-Fiscal do Trabalho Rogério Araújo abordou irregularidades trabalhistas encontradas em caso de acidente envolvendo um motorista que estava trabalhando há várias horas ininterruptamente. O trabalhador transportava dez funcionários de um buffet em Goiânia (GO) e acabou dormindo ao volante, depois de ter passado a noite inteira acordado como garçom em evento.

O incidente ocorreu no domingo, 11 de junho, causando a morte de uma trabalhadora e a perda do bebê por uma trabalhadora grávida de seis meses. Três funcionários ainda estavam hospitalizados. De acordo com o empregador, a maioria dos empregados era terceirizada.

O caso traz à tona as jornadas exaustivas a que funcionários de buffets estão submetidos e também irregularidades trabalhistas nos contratos, entre elas o desrespeito à carga horária. O acidente é investigado ainda pela polícia.

Entenda o caso aqui e assista à entrevista aqui.



Menu